18 C
Cuiabá

Trabalhadores entregam plano de escalas do HUJM para Ministério Público e UFMT

A comissão de mobilização dos trabalhadores técnico-administrativos do HUJM entregou nesta segunda-feira (06.05) o relatório de escalas para o funcionamento pleno do hospital com a jornada de 30 horas semanais. No documento, os trabalhadores comprovam que existem profissionais suficientes para atender a demanda do HU com a jornada ininterrupta, sem a necessidade de aplicação do Adicional de Plantão Hospitalar (APH). A documentação foi entregue ao Ministério Público e ao vice reitor da UFMT, Evandro Soares, que se comprometeu em debater junto à administração da Ebserh para o  retorno imediato da jornada de 30 horas conforme acordado na reunião anterior.

“Nós cumprimos com o acordado junto ao Ministério Público Federal. Apresentamos as escalas com todos os setores do HUJM contemplados com a jornada ininterrupta e ainda provamos que existem horas suficientes para não haver o pagamento da APH, assim como a cobertura eventuais faltas e licenças médicas. Ficou evidente que o problema é competência na gestão da Ebserh”, destacou a coordenadora geral do Sintuf-MT, Valdelice da Silva Ormond.

Ela explica que todo o trabalho foi feito considerando as Portarias do Ministério da Saúde que tratam do número de profissionais por unidade de internação. “O trabalho no hospital envolve grande complexidade e responsabilidade da gestão e dos trabalhadores. É uma atividade que é amplamente regulamentada, já que envolve a vida da população. Toda a escala foi construída respeitando estes princípios, a saúde tanto do paciente como do trabalhador”.

Segundo a também  coordenadora do Sintuf, Ana Bernadete, os trabalhadores aguardam o imediato retorno da jornada ininterrupta. “Não há motivos para manter esta situação que envergonha os trabalhadores. Esperamos uma resposta definitiva ainda esta semana, sendo que novas mobilizações ainda maiores estão sendo programadas”.

 

Matéria Daniel Dino

Assessoria Sintuf-MT

Compartilhar post:

Popular

Mais como isso
Related

Colações de grau não são consideradas serviços essenciais

O Comando de Greve dos Técnicos Administrativos da Universidade...

Tentativa de Golpe

O SINTUF vem a público informar que está havendo...

Nota de Esclarecimento sobre a Greve dos Técnicos Administrativos da UFMT

O Comando de Greve dos Técnicos Administrativos da Universidade...

Comando de Greve debate funcionamento do Hospital Veterinário da UFMT em Sinop

O funcionamento do Hospital Veterinário da UFMT em Sinop...
Feito com muito 💜 por go7.com.br