14 C
Cuiabá

Trabalhadores da UFMT aprovam indicativo de greve para dia 23 de outubro

Os trabalhadores técnicos administrativos da UFMT aprovaram seu indicativo de greve para o dia 23 de outubro. O efetivo início do movimento paredista está condicionado a conjuntura nacional, uma vez que nos dias 20, 21 e 22, representantes dos trabalhadores de todas as universidades federais do Brasil estarão no Rio de Janeiro debatendo a greve no Congresso Nacional da Fasubra, órgão que representa a carreira nacionalmente.   

 

“O dia 23 é uma data indicativa, que depende do posicionamento nacional da Fasubra. Trata-se de uma mostra  dos trabalhadores que não vão aceitar o desmonte da universidade pública, seriamente ameaçada de privatização. Na mesma linha, o movimento de enfrentamento visa barrar o fim da precarização da carreira, esta fruto de uma luta superior há 20 anos, sendo a maior conquista e um patrimônio dos trabalhadores”, destacou a coordenadora geral do Sintuf-MT, Leia de Souza Oliveira.

 

A assembleia de deliberação foi realizada nesta quinta-feira (05), e contou com expressiva participação dos trabalhadores. Um dos informes da assembleia foi a confirmação da audiência pública para debater a crise na UFMT.  “Teremos esta audiência unificada entre técnicos, estudantes, professores, gestão e sociedade para expor a realidade financeira da nossa universidade, de como os cortes de orçamento colocam em xeque a continuidade da instituição”, reforçou Leia.

Compartilhar post:

Popular

Mais como isso
Related

Assembleia Geral de Greve será nesta terça-feira (28)

O Comando de Greve, por meio da Coordenação Colegiada...

Coletiva de Imprensa: a greve da educação federal e as negociações com o governo

Os CNGs das entidades representativas da educação federal em...

Assembleia Geral 23.05

https://youtube.com/live/w6SuspoRotQ?feature=share

6º Café da manhã com Lula marca os 75 dias de greve da FASUBRA

Nesta sexta-feira, 24 de maio, aconteceu o 6º Café...
Feito com muito 💜 por go7.com.br