27 C
Cuiabá

Governo Federal vai propor correção maior que os 7,8% já apresentados

O Governo Federal deve apresentar uma nova proposta de reajuste emergencial nesta sexta-feira (03.03). Este foi o principal resultado (e conquista) da reunião de negociação dos servidores públicos federais realizada na última terça-feira (28.02). Em linhas gerais, o Governo concordou em retirar a proposta de reajuste do auxílio alimentação dos R$ 11,2 bi alocados no orçamento pela PEC da transição para correção salarial, destinando este montante 100% para salários. 

Conforme informações dos representantes da Fasubra (Veja aqui), o Governo irá uma outra fonte de recursos para manter a correção do auxílio alimentação, e ainda irá melhorar o índice de 7,8% apresentado anteriormente. O ponto negativo da reunião foi a afirmação do Governo que não irá aplicar o reajuste na folha do mês de março, já que necessita de mais tempo para cálculos e efetiva aplicação, sendo que, se acordado, irá aplicar a correção no mês de abril. 

“Precisamos lembrar que nós, servidores do executivo, estamos passando por uma grande crise financeira devido o descaso dos governos Temer e Bolsonaro, que em nenhum momento acolheram as nossas demandas. Ao contrário, sempre nos ofendendo. Precisamos lembrar que o orçamento do Bolsonaro previa ZERO reajuste para os servidores do executivo, e que foi a PEC da transição, já do novo governo, que está garantindo essa negociação, que trouxe de volta o respeito ao servidor público Federal. Sabemos que nada será dado de graça, teremos que continuar lutando e muito, mas existe uma perspectiva de melhora”, destacou a coordenadora geral do Sintuf, Luzia Melo.  

 Ela explicou que o sindicato deve convocar uma nova assembleia geral para o dia 06 de março, quando irá apresentar oficialmente a nova proposta do Governo Federal (melhorada). “Vamos novamente nos reunir e deliberar qual o nosso posicionamento. É isso que pauta a postura da Fasubra durante as mesas de negociação, é isso que vai garantir nossa dignidade”, completou o também coordenador geral do Sintuf, Antônio Assunção.

Compartilhar post:

Popular

Mais como isso
Related

GREVE: Técnicos da UFMT avaliam nova proposta do Governo Federal

Os trabalhadores técnico-administrativos da UFMT fizeram o debate sobre...

Sintuf convoca assembleia geral de greve para quinta-feira (13)

O Sindicato dos Trabalhadores Técnico-administrativos em Educação da Universidade...

CNG DA FASUBRA ORIENTA: JORNADA DE LUTAS

Essa semana o governo enviou oficialmente, ao Comando Nacional...

Domingo: Sintuf convoca nova caravana

O Comando de Greve da UFMT convoca os servidores...
Feito com muito 💜 por go7.com.br