20 C
Cuiabá

DE NOVO: Terceirizados da UFMT estão com salários atrasados

O Sintuf-MT cobrou uma postura mais enérgica da administração da UFMT em relação a empresa Prime Clean, responsável pelos trabalhadores terceirizados que atuam na limpeza da universidade. Em ofício assinado conjuntamente com o Diretório Central dos Estudantes, o sindicato reforça o grave descumprimento contratual e atraso superior a dez dias no pagamento dos salários dos trabalhadores. 

“O sindicato sempre se posicionou contra a terceirização, mas nunca contra o trabalhador terceirizado. São eles o elo fraco desta corrente neoliberal que não respeita o trabalhador. O papel do Sintuf-MT é cobrar da universidade que faça o mínimo, ou seja, que exija o cumprimento do contrato, que aja com velocidade para que o pagamento seja honrado, que estas pessoas não sejam ainda mais prejudicadas”, destacou a coordenadora geral do Sintuf-MT, Luzia Melo. 

No ofício, protocolado nesta quarta-feira (15.02) junto a administração da UFMT, as entidades solicitam a elaboração de uma notificação recomendatória junto ao Ministério Público do Trabalho, visando apurar responsabilidades e eventual existência de dano moral coletivo. 

Uma reunião será realizada nesta quinta-feira (16) com os trabalhadores terceirizados, o sindicato específico deles, e a gestão da UFMT. A reunião será às 10 horas, na Sinfra-UFMT.

 

Assessoria Sintuf-MT

Compartilhar post:

Popular

Mais como isso
Related

Assembleia Geral de Greve será nesta terça-feira (28)

O Comando de Greve, por meio da Coordenação Colegiada...

Coletiva de Imprensa: a greve da educação federal e as negociações com o governo

Os CNGs das entidades representativas da educação federal em...

Assembleia Geral 23.05

https://youtube.com/live/w6SuspoRotQ?feature=share

6º Café da manhã com Lula marca os 75 dias de greve da FASUBRA

Nesta sexta-feira, 24 de maio, aconteceu o 6º Café...
Feito com muito 💜 por go7.com.br