18 C
Cuiabá

8M: Pela Vida das Mulheres: Bolsonaro Nunca Mais!

Vem aí mais um tsunami protagonizado pelas mulheres contra o governo Bolsonaro. O 8 de março deste ano tem como tema “Pela Vida das Mulheres: Bolsonaro Nunca Mais!” – Por um Brasil sem machismo, racismo e fome. O dia que marca a luta internacional das mulheres terá atos presenciais, conforme as regras de segurança da Organização Mundial de Saúde (OMS), e virtuais. Como ocorre em todos os anos, durante o mês de março, as mulheres demonstram sua disposição na luta contra todas as formas de opressão.

A Direção Nacional da FASUBRA Sindical, por meio da Coordenação da Mulher Trabalhadora, orienta as entidades de base a se integrarem e participarem ativamente, em seus estados e municípios, na construção dos atos do 8 de março, com a ampla presença de trabalhadoras e trabalhadores. O movimento feminista brasileiro múltiplo como é, as centrais e entidades sindicais, em conjunto com os movimentos sociais, se unificaram mais uma vez, e coordenam os atos em todo o país.

Em manifesto construído coletivamente, destacam o protagonismo das mulheres em lutas históricas e sua participação mais recente, em especial nos últimos anos e no governo de Bolsonaro. “A violência contra as mulheres e meninas se amplia a cada dia, pois o discurso de ódio de Bolsonaro se espalha e nos faz alvo preferencial dos machistas, racistas e LGBTQIA+fóbicos. Uma mulher é assassinada a cada duas horas em nosso país, sendo 66% destas mulheres negras. Também somos o país que mais mata mulheres trans e travestis no mundo e 6 mulheres lésbicas são estupradas por dia. A violência contra as mulheres com deficiência cresceu 67,9% durante a pandemia*. A violência obstétrica, ou seja, todos os tipos de violências que ocorrem no pré-natal, parto, pós-parto e aborto – atinge uma em cada quatro mulheres no nosso país; dessas, 65,9% são negras. Frente a tantas violências, bradamos: não somos números, somos vidas!”. Confira a íntegra do manifesto: https://bit.ly/3sGpgA1.

 

No decorrer do mês, a FASUBRA Sindical homenageará mulheres que se colocaram na linha de frente da luta coletiva da classe trabalhadora, principalmente aquelas que fizeram parte da construção da Federação. O tema abordado será “Mulheres na Luta Sindical”. A Coordenação da Mulher Trabalhadora também vai promover uma live, buscando a troca de experiências e o fortalecimento da organização de mulheres nas entidades sindicais filiadas.

Compartilhar post:

Popular

Mais como isso
Related

Colações de grau não são consideradas serviços essenciais

O Comando de Greve dos Técnicos Administrativos da Universidade...

Tentativa de Golpe

O SINTUF vem a público informar que está havendo...

Nota de Esclarecimento sobre a Greve dos Técnicos Administrativos da UFMT

O Comando de Greve dos Técnicos Administrativos da Universidade...

Comando de Greve debate funcionamento do Hospital Veterinário da UFMT em Sinop

O funcionamento do Hospital Veterinário da UFMT em Sinop...
Feito com muito 💜 por go7.com.br