Cuiabá
Carregando...

? ºC

/

Cuiabá (MT), 18 de novembro de 2018 - 01:19

Notícias

24/10/2018 15:34

AGORA É CLASSE CONTRA CLASSE

A crise econômica e política continua se desenvolvendo e ameaça destroçar o mundo. A classe dominante pretende retirar todos os direitos conquistados pelo povo durante séculos de luta. A única receita que eles têm a oferecer como saída da situação é golpear os direitos humanos e sociais. Os países estão conectados, a política também.  

Bolsonaro aceita e faz parte desse plano, cuja candidatura se sustenta em mentiras e disseminação do ódio. Seu caminho à presidência da república é pavimentado com posições que ampliarão o que Temer já vem fazendo: destruição massiva dos serviços públicos, retirada de direitos, e privatização de tudo, apoiando-se e dando mais poder para as forças de repressão, para os empresários e patrões, em detrimento dos interesses dos trabalhadores. Como método de campanha espalha o terror, propaga todo o seu ódio de classe contra os trabalhadores na forma de racismo, homofobia, machismo, e todo o tipo de discriminação típico da ideologia dominante.

Bolsonaro prevê ainda mudança na forma da escolha dos reitores, ferindo de morte a autonomia universitária e a paridade, onde foi conquistada, desrespeitando a lista tríplice e comprometendo ainda mais as pesquisas nas universidades públicas do Brasil.

Os técnicos administrativos em educação das Universidades estão na linha de frente desses ataques, com ameaças declaradas a carreira, incluindo retirada dos incentivos à qualificação (mestrado e doutorado), fim da paridade entre ativos e aposentados (iniciado no governo Temer), cobrança de mensalidade nas universidades, terceirização de todos os cargos e fim do concurso público. Para os hospitais universitários, Bolsonaro tem a pretensão de abrir o atendimento para planos de saúde e consultas particulares, desassistindo o já precário SUS. 

Declararam guerra aos trabalhadores, e nós responderemos com luta. Nunca fugimos do combate e mais do que nunca estamos nos organizando para defender cada conquista de nosso povo. Não aceitaremos a retirada dos direitos trabalhistas e o sucateamento dos serviços públicos. Contra a ganância e a corrupção, defendemos saúde, transporte e educação públicos, gratuitos e para todos. Contra barbárie, defendemos uma sociedade sem a exploração do homem pelo homem, na qual o bem comum esteja acima dos interesses mesquinhos de uma elite. 

Lutamos em defesa das liberdades democráticas a qualquer custo, lutamos pelos direitos dos trabalhadores e da juventude. Assim, convocamos o voto em Haddad 13 para derrotar Bolsonaro! Declaramos que qualquer ataque a um de nós é um ataque a todos nós, e reagiremos tomando as ruas, com os métodos da classe trabalhadora.

 

É hora de tomar as ruas.


CHÁCARA DO SINTUF

Redes Sociais

Sintuf-MT

Av. Fernando Corrêa da Costa, s/nº. - Campus Universitário - Coxipó - MT - 78060-900

Tel: (65) 3028-2924 | Fax: (65) 3028-2925

E-MAIL:

sintuf@terra.com.br 

SEDE DO SINTUF-MT

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo